9 dicas para otimizar a gestão de TI na empresa

A gestão de TI tem por objetivo oferecer meios de elevar os níveis de eficiência e produtividade em uma empresa. Para isso, existe uma série de boas práticas que, entre outras coisas, contribuem na redução de custos e aumento na segurança das informações corporativas.

Também é importante salientar que cada vez mais a gestão de TI está integrada ao negócio. Em outras palavras, o bom gerenciamento de recursos e atividades impacta diretamente os demais setores da empresa. O profissional de TI deixou de ser apenas aquele que resolve problemas de hardware e software, bem como atualização e manutenção de sistemas. Ao longo do tempo o seu papel tem se tornado cada vez mais estratégico.

Para aumentar seus conhecimentos sobre o tema, continue a leitura do nosso artigo e confira 9 dicas de como otimizar a TI na sua empresa!

1. Definir o escopo de atividades

Não é atoa que colocamos essa como a primeira dica. Definir bem o escopo de atividades requer o levantamento de todas as necessidades da empresa. Além disso, é preciso delegar as tarefas aos colaboradores de acordo com os seus conhecimentos e habilidades. Uma vantagem imediata disso é que as sobrecargas de serviço são evitadas, contribuindo na maximização da eficiência e produtividade.

2. Ferramentas automatizadas

Tudo que for burocrático, manual ou repetitivo pode ser automatizado. Delegar certas funções a um software reduz bastante os erros e retrabalhos, de modo a tornar a execução das tarefas bem mais rápida. Vale ressaltar que essa visão acerca dos processos que devem ser automatizados derivam do mapeamento que foi feito previamente, que como foi visto, serve também de base para a definição do escopo de atividades.

3. Metodologias ágeis

Dentro da gestão de TI, as metodologias ágeis auxiliam a equipe de diversas formas. Em vez de entregar o produto ao cliente somente ao fim de todas as etapas, concentram-se os esforços em entregar pequenas funcionalidades ao longo do projeto, de modo a receber o feedback contínuo dos clientes.

4. Tecnologias inovadoras

Para que uma empresa se mantenha competitiva, ela deve se inserir no contexto da transformação digital. Isso requer o uso de tecnologias, bem como a remodelagem de processos, de modo a automatizar tudo aquilo que for manual ou até mesmo eliminar o que não for necessário. Dessa forma, tudo o que essa empresa entregar na forma de produtos ou serviços terá uma maior qualidade, contribuindo na satisfação do cliente.

5. Feedbacks

A TI trabalha melhor quando recebe feedbacks contínuos. Durante as rotinas, é comum acontecerem erros e ineficiências por parte dos colaboradores. Por isso, é importante que o gestor esteja atento ao andamento das atividades, identificando todos os pontos de melhoria. Por outro lado, sempre que os colaboradores tiverem bom desempenho, reconhecer e valorizar esse trabalho também é fundamental.

6. Experiência do cliente

Executar processos e rotinas pensando no cliente é algo que impacta diretamente a sua satisfação. Uma das principais formas de fazer isso é por meio do User Experience, ou UX. Em poucas palavras, o termo consiste em entregar aos usuários algo útil, funcional e intuitivo, por meio de aplicações mobile, por exemplo. Além disso, o UX se preocupa com todos os pontos de contato e interações de uma marca com o consumidor

7. Cloud computing

Um problema que muitas empresas enfrentam é com relação à infraestrutura de TI. Os custos para manter servidores físicos, equipamentos de hardware e licenças de software podem se tornar proibitivos, inclusive inviabilizando a aquisição de novas tecnologias e profissionais, por exemplo.

É justamente nesse contexto que surge a computação em nuvem. Muitos dos serviços que a companhia usa podem ser terceirizados, de modo que a empresa contratada passa a gerenciar recursos de processamento e armazenamento. Entre as principais vantagens da cloud computing podemos citar:

  • redução de custos com licenças de software, servidores físicos e equipamentos de hardware;
  • maior disponibilidade dos serviços;
  • flexibilidade, pois os recursos que a empresa precisa são sob demanda, podendo ser contraídos ou expandidos;
  • escalabilidade;
  • maior proteção e segurança das informações corporativas;
  • rotinas automatizadas de backup e atualização de sistemas.

8. Treinamento da equipe

A área de Tecnologia da Informação passa por mudanças constantemente. Por isso que é tão importante que os colaboradores busquem se atualizar, de modo a conseguir dar conta de todas as demandas. Com o surgimento de novas tecnologias, faz-se necessário não só que o profissional de TI saiba manuseá-las, como também tenham a expertise técnica na hora de analisar dados para a obtenção de insights.

Certificações de TI

Para que os profissionais fiquem sempre atualizados sobre as tecnologias e boas práticas na gestão de TI, investir em certificações é algo de grande importância. Ter essa qualificação no currículo valoriza não só o profissional como também a empresa perante o mercado. Existem muitas certificações disponíveis e fazer uma ou outra vai depender da necessidade da companhia. Algumas delas são:

  • ITIL (Information Technology Infrastructure Library), consiste em uma das certificações mais procuradas por profissionais de TI;
  • VMware VCP-Cloud, voltada para a computação em nuvem;
  • COBIT (Control Objectives for Information and related Technology), certificação direcionada aos gestores de TI;
  • MCITP (Microsoft Certified Information Technology Professional), para quem quer administrar bancos de dados, por exemplo.

9. Métricas de desempenho

A última dica deste artigo e não menos importante diz respeito à mensuração contínua de informações. Por meio das métricas de desempenho, é possível verificar a eficiência não só dos processos como também de cada colaborador.

Em meio a uma infinidade de indicadores, é preciso escolher aqueles que mais fazem sentido dentro da estratégia do negócio. Falando de outro modo, quando se escolhe muitas métricas, pode ficar difícil ou até mesmo inviável extrair conclusões plausíveis acerca delas. Entretanto, se for escolhida uma quantidade moderada de indicadores, o monitoramento e gerenciamento será realizado com mais facilidade.

A gestão de TI contribui na elevação dos níveis de eficiência e produtividade em uma empresa. Para que o seu negócio esteja cada vez mais inserido no contexto tecnológico, uma consultoria de inovação digital faz toda a diferença. Nós da GO.K podemos ajudá-lo nesse sentido, por meio de estratégias que serão úteis dentro da gestão de TI da sua empresa.

O que achou das 9 dicas que apresentamos? Aproveite a visita em nosso blog e entenda melhor como funciona a Inteligência Artificial!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.